TRAUMA PSICOLÓGICO

 

O conceito de trauma psíquico é entendido como decorrente de um acontecimento que abalou de tal forma o indivíduo, que provocou modificações consideráveis no seu modo de funcionamento psíquico.

 

O trauma psicológico é um dano à mente que ocorre como resultado de um evento angustiante. O trauma geralmente é o resultado de uma grande quantidade de estresse que excede a capacidade de enfrentamento ou de integrar as emoções envolvidas nessa experiência.

 

Os traumas psicológicos podem obscurecer ou mesmo impedir o bem-estar de acordo com a realidade subjetiva de cada indivíduo.

 

Cada pessoa tem sua própria forma de reagir a situações de risco de vida ou experiências inesperadas. Um determinado indivíduo que passa por uma situação traumática pode sentir medo e ficar impressionado, enquanto outra pessoa que passa pela mesma experiência pode sentir-se chocado e agradecido por estar vivo; portanto, as reações podem variar muito de pessoa para pessoa.

 

Cada pessoa tem um limite diferente frente a um evento. O que pode gerar trauma para um, pode não gerar em outro. O fato de ser vítima de um evento estressante, que surge repentinamente, de maneira fortuita, também pode ser um fator de agravamento de um trauma.

 

A partir da vivência de uma experiência dolorosa, forma-se no indivíduo o que podemos chamar de memória traumática. Essa lembrança se caracteriza pela soma de emoções, imagens, sons e todos os sentimentos vivenciados a partir da ocorrência do trauma.

 

A partir da vivência de uma experiência dolorosa, forma-se no indivíduo o que podemos chamar de memória traumática. Essa lembrança se caracteriza pela soma de emoções, imagens, sons e todos os sentimentos vivenciados a partir da ocorrência do trauma.

 

 

Fatores que aumentam a probabilidade de trauma:

1) Um ambiente instável ou inseguro.

2) A separação de um pai e/ou mãe.

3) Doença grave.

4) Procedimentos médicos invasivos.

5) Abuso verbal, física ou sexual.

6) Violência doméstica.

7) Negligência.

8) Assédio moral.

 

 

 

Sintomas dos traumas psicológicos:

Físicos: úlceras, palpitações, dor no coração, hipertensão, alergias, enxaqueca, fibromialgia, síndrome do intestino irritável, síndrome da fadiga crônica.

 

Psíquicos: irritabilidade, ansiedade, agressividade.

 

Sociais: queda de produtividade no trabalho, conflitos entre os familiares e amigos, tendência ao isolamento, apatia.

 

 

Outros Sintomas de traumas psicológicos

1) Revivência do trauma nos sonhos ou nos pensamentos durante o momento de vigília (momento em que o indivíduo encontra-se acordado).

2) Evitação de situações que possam lembrar o evento traumático.

3) Hiperexcitação (estado de agitação constante). Resposta de sobressalto exagerada (sustos exagerados por motivos banais).

4) Dificuldades em dormir.

5) Irritabilidade ou surtos de raiva.

6) Isolamento ou afastamento do convívio social.

7) Hipervigilância (como se algo estivesse sempre espreitando para atacá-lo).

8) Desinteresse pelo próprio futuro (trabalho, estudo, casamento).

 

 

 

Eventos considerados traumáticos:

a) Agressões físicas.

b) Assaltos.

c) Estupros.

d) Guerras.

e) Violência sexual.

f) Maus tratos e outros.

 

 

PROCURE AJUDA SE PRECISAR SUPERAR UM TRAUMA PSICOLÓGICO !!! ESTOU AQUI PARA TE AJUDAR !!!

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você